Fazendo backup do seu CV Lattes

Sobre a plataforma

A plataforma Lattes é um sistema digital do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) onde pesquisadoras/es cadastram sua formação, atuação, projetos de pesquisa, produção científica e técnica, entre outras informações, numa base única. Por ser uma exigência para recebimento de bolsas CNPq e para o ingresso na pós-graduação nas principais Universidades, a plataforma Lattes se tornou o principal repositório de dados sobre a vida de cientistas. Isso contribui para atividades de análise, planejamento e gestão dos recursos do CNPq.

A plataforma foi nomeada em homenagem ao pesquisador Césare Lattes, na maioria das vezes as pessoas usam Lattes para se referir ao Currículo Vitae Lattes ou CV Lattes, documento gerado com base nas informações que cada pesquisadora cadastra na plataforma. Se você já ouviu falar de Lattes, deve ter ouvido como é trabalhoso preenchê-la. No começo não é muito intuitivo, mas com o tempo pode ficar menos difícil. Como não é lá uma atividade muito prazerosa, a possibilidade de perder o dados do seu Lattes é um cenário doloroso, mas que podemos contornar.

Nunca aconteceu dos dados da plataforma serem perdido, pelo menos não em massa e nem que eu soubesse, mas os cortes públicos em ciência tem dificultado investimentos e gerado preocupações quando há instabilidades na plataforma. Para evitar problemas futuros, é sempre bom manter um backup com os dados do seu CV Lattes. Confira algumas formas de fazer esse backup.

PDF

A forma mais simples é fazer a impressão em PDF. Após fazer o login na plataforma Lattes, haverá dois ícones para você selecionar para imprimir. Clique em um dos ícones de impressora.

Print da área de atualização do CV lattes. Com destaque aos icones de impressão

Nas opções escolha em “Modelo de currículo”: “Completo” e clique em confirmar.

Assim você terá uma versão em PDF e caso precise você poderá copiar o conteúdo para plataforma Lattes.

RTF (rich text format)

Essa opção gera um arquivo que pode ser aberto em processador de texto (como Microsoft Word, Google Docs). É uma boa opção para exportar os dado do Lattes para você usar os dados do lattes pra fazer um curriculum vitae arrumadinho para usar em seleções de emprego, por exemplo.

Ao fazer o login, terá um ícone no menu à esquerda para exportar os dados do seu CV Lattes. Clique nessa opção.

Print da área de atualização do CV lattes. Com destaque ao icone "Exportar"

Selecione a opções “RTF – Rich Text Format” e clique em confirmar para baixar nesse formato.

XML (eXtensible Markup Language)

Esse formato um dos mais importantes, porque é o que pode ser usado para importação na plataforma Lattes. Se um dia realmente acontecer a perda dos dados do seu CV Lattes, você pode importar para a plataforma rapidamente usando esse arquivo XML.

Após fazer o login, selecione a opção exportar:

Print da área de atualização do CV lattes. Com destaque ao icone "Exportar"

Selecione a opção “XML – eXtensible Markup Language” e clique em “Confirmar” para baixar o arquivo.

Sempre que fizer alguma atualização ou grande atualizações, salve seu backup em lugares seguros e assim você terá sempre um bom registro das suas atividades científicas.

Versão para twitter.


Quer mais conteúdo assim?

Se você gostou e quiser receber notificações de próximas postagens aqui no blog, se inscreva abaixo:

Processando…
Sua inscrição foi feita! Sucesso

Que tal contribuir? ☕

Se você gostaria de me pagar um cafezinho, você pode me mandar um trocado (qualquer valor) por PIX , PicPay ou PayPal ou ainda me apoiar mensalmente 💙

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s